Anúncios

melhores investimentos de 2022
Fonte: Freepik

Ano eleitoral e as incertezas batendo à porta, certo? Aliado a isso, temos a instabilidade quanto ao cenário da COVID-19 e as tensões entre Rússia e Ucrânia, que parecem longe de acabar.

Dentro dessas perspectivas, parece quase impossível pensar em investimentos seguros que possibilitem, além da busca pela proteção a tão almejada rentabilidade. No entanto, embora o caos seja o solo fértil para incertezas, o caos também é o solo propício para oportunidades.

Pensando assim, hoje trouxemos 3 dicas dos melhores investimentos de 2022 para que você possa alocar o seu patrimônio de forma responsiva, segura e rentável mesmo em momentos de volatilidade. Confira!

Rápida retrospectiva do ano de 2021

O ano de 2021 certamente foi um ano bastante tumultuado e repleto de surpresas. Começamos o ano com a taxa Selic em 2% e fechamos o ano com a mesma em 9,25%. Quem poderia imaginar tamanho crescimento?

Além disso, a inflação aumentou exponencialmente. Afinal, fechamos o ano com o IPCA na casa dos 10%. Diga-se de passagem, uma inflação altíssima, que corroeu ainda mais o valor aquisitivo dos brasileiros.

Quanto ao PIB, bem, fechamos 2021 com o Produto Interno Bruto em 4,6% enquanto o dólar estava beirando ali os R$ 5,60.

O que será de 2022?

Sem expectativas de equilíbrio, o setor econômico em 2022 ainda continua volátil. Ainda mais se considerarmos que estamos em um ano de eleição, sem muitas certezas sobre quem será eleito para Presidente.

Além das incertezas geradas pelas eleições presidencialistas, temos ainda as incertezas advindas do cenário pandêmico. Isso porque ninguém sabe se conseguiremos conter os novos casos, considerando os estudos que prospectam o surgimento das subvariantes da COVID-19 ainda mais letais nos próximos meses.

E bem sabemos que um dos setores mais impactados em meio a cenários pandêmicos certamente é o setor econômico. O impacto se deve mais pelos fechamentos constantes do comércio – os lockdowns – a fim de prezar pela diminuição do contágio.

Se novas medidas de restrição serão necessárias, ninguém sabe. E é justamente a falta de ciência que deixa tudo ainda mais instável. No entanto, uma coisa é certa, as incertezas políticas e sanitárias acabam incidindo nas incertezas dos investimentos na Bolsa de Valores.

Com a perspectiva de um aumento na taxa Selic já não nos surpreende que muitos investidores deixem a Bolsa de Valores e busquem a Renda Fixa. Aliás, a prospecção dos indicadores é que o IPCA fique em 5,03% enquanto a Selic feche este ano de 2022 em cerca de 11,5%.

Além disso, já é de se esperar que os investidores estrangeiros retirem os investimentos do Brasil ao menos até a definição do resultado das eleições.

Em suma, as prospecções frente ao cenário atual é de que a Selic fique mais alta do que no ano de 2021 e que a inflação diminua. Até porque a tendência natural é que com o aumento das taxas de juros a inflação sucumba.

Mas então, onde investir?

Quando estamos em um momento de muita instabilidade política e, consequentemente, econômica é comum ficarmos receosos de fazer novos investimentos.

No entanto, uma boa educação financeira pode te fazer entender que é possível fazer seus investimentos mesmo em meio às incertezas. Duvida? Confira as nossas 3 sugestões a seguir:

1. Renda Fixa

Considerando este cenário ilustrado, a expectativa é que os juros reais cheguem à média de 6,5% em 2022. Juros muito elevados, se compararmos com o restante dos países do mundo. Sendo assim, certamente a Renda Fixa parece uma opção vantajosa de investimento.

Logo, não precisamos nem explicar porque a Renda Fixa é a nossa primeira sugestão de investimento, certo? A ideia é aproveitar o crescimento da taxa Selic, mas ao mesmo tempo ter mais caixa para comprar ativos, a depender dos resultados das eleições.

Mas lembrando, é essencial que, se você for investir em Renda Fixa pensando em fazer a manutenção de um caixa, ter títulos de liquidez diária é essencial. Assim fica mais fácil retirar o seu investimento e aplicá-lo em ativos da Bolsa, por exemplo.

É interessante que outra parcela dos seus investimentos seja alocada em títulos de média liquidez, que paguem um percentual maior do CDI. Já investimentos atrelados ao IPCA podem trazer segurança ao seu patrimônio frente à inflação.

2. Investimentos no exterior

melhores investimentos de 2022
Fonte:Freepik

Se o cenário nacional é de incertezas, uma das opções é se expor a economias de fora a partir de investimentos estrangeiros, como as BDRs. Mas, vale dizer que você também pode investir em empresas nacionais de setores expostos à economia estrangeira.

Nesse sentido, o setor do agronegócio é um setor bastante interessante, uma vez que depende das exportações que fazemos para fora. Assim como as commodities como minério e petróleo, as quais não ficam centralizadas na economia local.

3. Fundo Imobiliários

Por natureza os fundos imobiliários são menos voláteis e, com o aumento da taxa Selic, os fundos de papel se mostram melhores opções.

Contudo, os fundos de shopping estão mostrando uma ótima recuperação nos últimos tempos, apresentando ótimos volumes de venda.

Além disso, se você é do perfil agressivo e está buscando oportunidades, os fundos de laje corporativa podem ser opções atraentes. Isso porque com o estado global pandêmico tendendo a normalização, as economias estão aos poucos se recuperando.

Portanto, com as empresas voltando às operações, esta é a sua chance de aplicar o seu capital em um fundo de corporações responsivas.

Tá na mão! Agora que já sabe quais são os melhores investimentos de 2022, bora compartilhar com os amigos nas redes sociais? A gente se vê logo mais!