Anúncios

tipos de empréstimo
Fonte: Freepik

O dinheiro extra pode ser necessário em diversas situações, como para amenizar as despesas ou alcançar metas. E, em meio a um mercado financeiro abrangente, há disposição de tipos de empréstimo que podem atender perfis e situações distintas.

É muito provável que você já tenha escutado sobre eles, como o pessoal com e sem garantia e o consignado. No entanto, cada opção tem as suas características próprias, o que pode influenciar até mesmo a finalidade e tipo de pagamento. A seguir, você poderá checar essa e outras informações.

O pessoal, um dos principais tipos de empréstimo

Um dos que mais se destacam no mercado ao se tratar dos tipos de empréstimo é o pessoal, em especial, pelas facilidades que envolvem o pedido dessa opção. Isso porque ele ocorre de forma direta entre a instituição financeira e o cliente por aplicativo.

tipos de empréstimo
Fonte: Freepik

Hoje em dia, é muito comum que a contratação seja feita online. Nela uma simulação com um valor total ou com a quantidade de parcelas a serem atendidas é feita. Então, o cliente pode checar informações como os juros e o prazo.

Geralmente, a possibilidade ou não de concessão de crédito é apontada de forma rápida a partir das informações dos clientes. Além das instituições financeiras, há plataformas que detectam as melhores ofertas, como no Serasa eCred. Também pode ser solicitado em financeiras e cooperativas de crédito.

Vale citar que é algo diferente das situações em que há um limite já pré-aprovado. Isso porque, nesse caso, o cliente precisa apenas fazer a simulação, checar as melhores condições e se aceita o contrato proposto.

Empréstimo pessoal com garantia

tipos de empréstimo
Fonte: Freepik

Essa opção se assemelha à anterior, porém, de acordo com o que o próprio nome indica, conta com o diferencial de uma garantia. Ou seja, um bem do contratante é colocado como garantia do pagamento, como um imóvel ou automóvel. Desse modo, é necessário ter ainda mais cautela com o pagamento, pois caso não ocorra, o bem pode ser perdido.

Por causa da garantia, há uma segurança maior para a instituição financeira de que o cliente arcará com o empréstimo. Logo, as taxas comumente são mais baixas e valores mais altos ao comparar com opções como a sem garantia.

Certamente, o processo de contratação também é distinto, uma vez que uma vistoria pode ser necessária, entre o atendimento de parâmetros de acordo com a instituição financeira. Por exemplo, no caso de veículos, é preciso observar parâmetros como a partir de que ano, condições, a necessidade de estar regularizado, entre outros pontos.

Cheque especial

Por mais que o cheque especial não seja visto por alguns como um empréstimo, outros o colocam como mais uma opção de destaque nessa lista. Em primeiro lugar, é importante citar que essa opção se destaca pelos juros altos.

Muitas pessoas recorrem ao cheque especial quando o saldo da conta corrente é insuficiente. Ao ter dinheiro na conta, o que contou com uso é descontado pela instituição financeira. Diferentemente de outros da lista, até mesmo do empréstimo pessoal, pode ter uso assim que o cliente precisa caso o banco disponha algum valor. Inclusive, sem que antes tenha um processo de simulação de parcelas e acordo das condições.

Para compreender mais sobre a razão dos juros altos, vale considerar que não há nenhum tipo de garantia. Sendo assim, o risco do banco é maior ao conceder essa opção. De acordo com um levantamento do Banco Central do Brasil, os juros do cheque especial é de 329% ao ano.

tipos de empréstimo
Fonte: Freepik

Empréstimo consignado

Já no caso do empréstimo consignado, é uma forma de empréstimo que atende predominantemente aposentados, pensionistas do INSS e servidores públicos. Entre os tipos de empréstimo, ele ganha destaque pelos juros mais baixos ao comparar com outros, como o empréstimo pessoal.

Isso porque o consignado conta com desconto de forma direta no holerite ou benefício. Dessa forma, há uma garantia maior de recebimento por parte da instituição financeira. Sendo assim, os juros são relativamente mais baixos.

O que exige cuidado ao buscar por um dos tipos de empréstimo?

Em qualquer caso, é crucial ter consciência de quais são os custos totais, ou melhor, o CET (Custo Efetivo Total). Esse fator abrange todas as quantias que serão pagas pelo cliente e deve estar presente no contrato. Demais cobranças também exigem cuidado, como seguros e taxas de manutenção, observe sempre o que está sendo contratado e o que pagará por isso.

Por outro lado, vale lembrar que simulações podem ser feitas em diferentes locais. Não se esqueça de assegurar da análise e contrato em bancos, cooperativas de crédito e demais lugares que sejam de confiança.

Caso algum lugar solicite um pagamento adiantado, por exemplo, para a liberação do empréstimo ou para pagamento de alguma taxa, desconfie. Essa é uma prática ilegal, ou seja, pode ser um caso de golpe. 

De modo geral, apesar das distinções entre os tipos de empréstimo, vale considerar que todos funcionam de forma parecida, sendo o cheque especial a principal exceção. Ou seja, com a solicitação de dinheiro em uma instituição financeira para que o pagamento seja feito posteriormente com juros.

Com isso, é preciso que o cliente tente se programar o máximo possível. Afinal, haverá o comprometimento da renda a partir da contratação de crédito. Sendo assim, o planejamento vira um grande aliado para evitar maiores prejuízos. 

Quer conhecer mais sobre tipos de empréstimo? Saiba que pela plataforma OMES você pode encontrar mais informações sobre o tema e diversos locais que oferecem esses e demais produtos e serviços financeiros.