Anúncios

empréstimo com agiota
Fonte: Pexels

A Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor, divulgada pelo CNC, apontou que mais de 74% da população brasileira está endividada. 

O número é surpreendente, mas o mais surpreendente é saber que muitos brasileiros, em momentos de crises, se valem dos empréstimos com agiota como saídas rápidas em meio ao endividamento.

No entanto, aquela que deveria ser a solução, acaba sendo um chamariz de grandes problemas, inclusive legais. Por isso, fique com a gente e confira os principais riscos que você está correndo ao escolher esta opção de crédito.

Empréstimo com agiota ainda existe?

Há quem ache ultrapassado, mas empréstimos com agiotas são mais comuns do que se pensa. 

Em meio às dívidas, boletos que não param de chegar e a dificuldade de conseguir uma abertura de crédito com uma instituição legalizada, muitas pessoas optam por emprestar dinheiro com os agiotas.

O termo é antigo, mas ainda se faz solução financeira para inúmeros brasileiros. Agiota ou usurário são aquelas pessoas que oferecem um empréstimo financeiro por taxas de juros altíssimas, sem autorização alheio ao Mercado Financeiro. Em outras palavras, na ilegalidade.

A busca do serviço de agiotagem continua a existir justamente por essa brecha da informalização do serviço. Considerando que não há burocracias, como comprovação de renda, é fácil emprestar o dinheiro. E é justamente aqui que o barato pode sair muito caro.

Conheça os altos riscos da agiotagem

Por baixo dos panos e sem autorização legal para realizar os empréstimos, o agiota pode colocar os critérios que bem lhe convir. Além é claro de poder mudar as cláusulas do contrato informal em qualquer momento da transação financeira.

Devemos lembrar que o serviço de agiotagem é crime, primeiro por ser chocar-se com a economia popular e segundo por contradizer o Sistema Financeiro Nacional, podendo acarretar em 2 a 8 anos de prisão.

Sem contar ainda que os juros do empréstimo com o agiota podem chegar até 40%, além de algumas garantias em bens materiais serem requeridas no momento da transação. Tudo que tiver um valor monetário pode ser colocado como possível garantia e, em casos de inadimplência, os bens são confiscados.

Por fim, vale dizer que sem a burocracia tão característica dos bancos e fintechs homologados, os serviços de agiotagem, além de serem mais rápidos e democráticos, também são mais arriscados. E o que está em jogo? A sua vida e a dos seus!

empréstimo com agiota
Fonte: Pexels

Alternativas de crédito mais seguras que a agiotagem

Calma! Sabemos que se você está necessitando de dinheiro, então precisa de uma alternativa para consegui-lo. No entanto, melhor do que efetuar um empréstimo com agiota é buscar alternativas mais seguras e responsivas. Confira algumas delas:

Creditas

Sete anos no Mercado Financeiro, a Creditas se consolidou como uma fintech de peso, trazendo ótimas oportunidades de crédito. 

Com garantia de imóvel, salário e veículo, as taxas de juros da contratação são encontradas a partir de 0,89% ao mês + IPCA, com o imóvel de garantia. Já com o veículo como garantia, as taxas partem de 0,99% ao mês.

Os valores para a solicitação do empréstimo na Creditas variam entre R$ 5 mil a R$ 30 mil, a depender da modalidade e a simulação de crédito pode ser feita digitalmente. Após a aprovação da análise de crédito, o solicitante faz o envio de sua documentação via online, sendo encaminhado para a vistoria ou laudo.

Com o contrato em mãos, o dinheiro é liberado para o cliente no decorrer de 3 dias, isso se a modalidade de garantia escolhida for a com veículo.

Sim Empréstimos

Com taxas de juros a partir de 1,73%, a Sim consiste em uma fintech que opera por 2 modalidades: empréstimo pessoal sem garantia e empréstimo com garantia de carro.

Ao contratar a Sim Empréstimos, você tem a oportunidade de solicitar de R$ 500 a R$ 150 mil, sem ter que realizar nenhum pagamento antecipado para a liberação. Além disso, a depender do empréstimo, o prazo para a quitação é de até 60 meses.

Bcredi

Para quem busca crédito imobiliário, a Bcredi pode ser uma boa opção para você. Isso porque, ao trazer a garantia de imóvel, a fintech possui grande facilidade digital na hora da solicitação da linha de crédito. 

Sendo assim, a simulação do empréstimo é 100% online e o solicitante necessita possuir um ou mais imóveis no valor de até R$ 100.000. 

Com taxas de juros baixas, partindo de 0,85% ao mês, os empréstimos podem receber até 15 anos para serem quitados. De acordo com a empresa, após a documentação ser entregue, leva até 10 dias para o dinheiro ser creditado para o solicitante. 

Fala sério, com opções tão rentáveis e seguras como essas, fica até difícil pensar em emprestar dinheiro com um agiota não acha? Se gostou do post, então não esqueça de compartilhá-lo nas redes sociais como alerta para seus amigos e familiares. Até mais!