Anúncios

Anúncios

como ser entregador do mercado livre
Fonte: Pexels

Com o crescimento do e-commerce, o Mercado Livre acompanhou a alta e honrou o seu nome com um crescimento de 94%. Atualmente, a marketplace se consolidou como a maior empresa dentro do comércio da América Latina.

Anúncios

E o seu crescimento não tem feito brilhar somente os olhos de investidores, mas também de muitas pessoas que querem se firmar como colaboradores da empresa. Dentre eles aqueles que buscam ser entregadores deste titã.

Está buscando uma forma de ganhar dinheiro? Quer ter um pouco mais de liberdade no seu horário de trabalho? Então, está na hora de você aprender como ser entregador do Mercado Livre. Vem com a gente!

Afinal, o que é o Mercado Livre?

Se você está acostumado com compras online, certamente conhece o Mercado Livre. A empresa argentina, sediada em Buenos Aires, é com certeza uma das maiores empresas tecnológicas e bastante conhecida pela rede de comércio online que estabelece.

Dentro da plataforma, seja pelo navegador ou app, o ambiente comercial possibilita que vendedores de diferentes localidades anunciem seus produtos em busca de possíveis compradores. 

Assim, a empresa permite tanto vendedor quanto comprador fazerem os seus respectivos cadastros para impulsionarem as transações comerciais. Além disso, no ambiente do Mercado Livre, é possível encontrar uma infinidade de produtos, desde utensílios de cozinha até automóveis.

Todas as negociações são feitas pela plataforma, na própria página do anúncio. Nela o comprador tem acesso as fotos, características, valores e fretes dos produtos e podem tirar suas dúvidas em contanto direto com o vendedor pela caixinha de perguntas.

Após a compra, é possível ainda verificar todas as etapas do envio, além de ser permitido (e recomendado) a qualificação do vendedor mediante o recebimento da mercadoria. Aliás, são as qualificações do vendedor que se fazem com termômetro de sua credibilidade.

Vale dizer que a empresa lucra a partir dessas transações comerciais. Afinal, o vendedor pode contratar tipos de anúncios, pagando taxas específicas sobre as vendas concretizadas.

Como se tornar um entregador do Mercado Livre?

como ser entregador do mercado livre
Fonte: Pexels

Para fazer a manutenção de seu expressivo crescimento e até para continuar a se desenvolver, o Mercado Livre precisa focar seus esforços em refinar ainda mais seus serviços de entrega. Afinal, sem boas opções, a possibilidade de perder uma conversão é alta.

Sendo assim, a marketplace contrata pequenas transportadoras e, às vezes, até dispõe de entregas via crowdshipping. Esta modalidade diz respeito a entregas personalizadas em que o transporte é feito a partir de qualquer veículo, como: carros, motos, skate, patinetes, bicicletas etc. 

Ficou interessado? Então vamos ver detalhadamente como ser entregador do Mercado Livre, passo a passo:

Sobre os requisitos

A verdade é que é possível sim ganhar dinheiro no Mercado Livre. No entanto, para se tornar entregador da plataforma é preciso antes preencher alguns requisitos, tais como:

CNPJ: desde junho de 2020, a empresa estipulou que seus entregadores precisariam possuir um CNPJ, visto que a parceria se dá por um contrato.

Veículo: para se tornar um entregador do Mercado Livre é preciso que o colaborador tenha uma bicicleta ou um veículo automotor, com a documentação em dia.

Celular: antes de mais nada é preciso que você tenha um smartphone com Android ou iOS, considerando que precisará se cadastrar nos apps. 

Cadastro: por fim, é preciso entrar no site oficial do Mercado Livre e clicar na opção “Quero ser um entregador” ou baixar o app Mercado Envios Flex no smartphone. Lembre-se de ter em mãos seus documentos pessoais, incluindo a sua CNH e o documento do veículo.

Como fechar parcerias?

O valor de cada entrega do Mercado Livre pode variar entre três preços: R $8,90, R $13,90 e R $15,90, a depender da região. No entanto, conseguir demandas depende mais do entregador do que da plataforma.

Logo, é importante ressaltar que a parceria é fechada entre vendedores e entregadores. Ou seja, a plataforma não dispõe das oportunidades, ficando a encargo do entregador encontrar os vendedores que estão precisando de seu serviço.

Ao entrar no site, é possível filtrar sua região ficando em contato imediato com os vendedores locais. Assim, você pode ofertar o seu serviço se comunicando com cada um deles.

Há ainda a possibilidade de se cadastrar em transportadoras como a plataforma Eu Entrego

Nela você será exposto a uma série de varejistas que precisam de serviços de entrega. Vale salientar que para o cadastro é preciso de seus documentos pessoais, documento do veículo, comprovante de residência e antecedentes criminais. 

Após receber o e-mail de autorização da inscrição, vale baixar o app da Eu Entrego pela loja de aplicativos de seu smartphone para ativar o cadastro. Deste modo, você será exposto a rotas, assim que uma nova oportunidade de entrega surgir.

Como a plataforma integra os entregadores autônomos com os maiores varejistas do Brasil, sempre há muitas rotas confiáveis para a entrega de pedidos. 

Além disso, é importante estar ciente de que o número de pedidos e a distância de entrega tende a variar com o tipo de serviço. No mais, os pagamentos são debitados a cada 15 dias na conta cadastrada no site pelo entregador.

Com essas dicas agora você está por dentro de como ser entregador do Mercado Livre e seguindo os passos aqui elencados pode garantir aquele dinheiro extra no final do mês. Então, não perca tempo! Faça já o seu cadastro.