Anúncios

Anúncios

como conseguir um financiamento
Fonte: freepik

Há necessidade de financiamento para escapar da crise, mas não sabe o que fazer? Hoje em dia, diversas empresas oferecem soluções de financiamento que podem fazer toda a diferença para quem deseja prezar pela estabilidade, expandir os negócios ou atingir outras finalidades por meio de linhas de crédito específicas.

Anúncios

Confira a seguir alguns passos que podem esclarecer como conseguir um financiamento e enfrentar a crise. Não se esqueça que a situação de cada empresa é particular e por isso,  as dicas apresentadas ao longo do texto podem ser empregadas de diferentes formas.

1. Tenha um bom histórico com a instituição financeira

Quando é necessário contratar diversos serviços, há grande importância em ter um bom relacionamento com a instituição financeira responsável para potencializar as chances de aprovação, negociação e até benefícios. Lembre-se que é importante para os bancos que o mínimo de risco possível seja atendido.

É justamente nesse caso que um histórico positivo de relacionamento, juntamente com uma proposta bem elaborada, têm grande potencial para influenciar de uma ótima forma no financiamento. No entanto, isso não significa que uma pesquisa comparativa entre as instituições não seja válida.

2. Potencialize o fluxo de caixa

Por mais que as linhas de financiamento possam ser diferenciadas, por exemplo, as de bancos públicos como o Desenvolve SP e BNDES, é preciso ter atenção às condições de pagamento e taxas.

Em um momento difícil, pode ser vantajoso analisar com cuidado quais são as demandas existentes dentro do seu segmento e qual é o tipo de solução que poderia se tornar mais atrativa para seus clientes ou como o fluxo de caixa poderia ser melhorado a partir de melhorias organizacionais.

Nesse caso, melhorar o fluxo de caixa e se organizar de acordo com uma pesquisa entre as opções disponíveis é de grande relevância na hora da negociação. São atitudes capazes de transmitir maior segurança ao fazer uma negociação e que podem evitar frustrações na hora do pagamento das parcelas.

3. Analise as garantias e modos de pagamento

como conseguir um financiamento

De certo modo, este tópico está associado com o 5º, uma vez que escolher com cuidado a instituição financeira tem relação com pesquisar com cautela a respeito de cada uma e conhecer todas as características, o que inclui os modos de pagamento e as garantias.

No entanto, neste terceiro tópico, é válido abordar que a diferenciação entre garantias e pagamentos entre as modalidades de financiamento podem variar, o que pode ter impacto no tipo de estratégia estabelecida e financiamento contratado.

Por exemplo, normalmente em financiamentos com investimentos fixos, os clientes encontram garantias facilitadas e prazos de pagamento maiores. Seria algo vantajoso principalmente ao direcionar o financiamento para itens como equipamentos e máquinas, enquanto outros recursos poderiam ser voltados para o capital de giro.

4. Identifique qual é a necessidade do financiamento

Conforme citado no início do texto, o financiamento pode ser buscado para alcançar diversas finalidades ao tentar escapar da crise e independente do objetivo, é crucial identificar qual é o tipo de necessidade que deve ser atendida em seu empreendimento.

Por exemplo, há problemas estruturais? É preciso investir em matéria-prima ou equipamentos? São questões como essas que podem contribuir com a identificação mais clara de metas e um planejamento para aplicar o recurso contratado.

5. Escolha com cuidado a instituição financeira

É importante obter o máximo de informações possível, principalmente ao levar em consideração a variedade de soluções encontrada no mercado. Sendo assim, é interessante identificar quais são os financiamentos do mercado mais compatíveis com o seu negócio e a linha de financiamento que almeja.

Se possível, pesquise em mais de uma instituição financeira, pois esse é um passo importante para avaliar as condições, como limites e prazos. Afinal, cada banco reúne suas particularidades, principalmente ao se tratar de negociações.

Naturalmente, as condições restritivas, por exemplo, as exigências legais, de cada uma enquadra-se nesse cenário e sem dúvidas, serão decisivas na hora da contratação.

 Dicas que podem auxiliar o seu negócio a sair da crise

Há outros passos que podem ser seguidos além do financiamento, que podem contribuir com que a empresa fique em condições melhores durante a crise. De certa forma, existem chances de que essas dicas ajudem também na hora de apresentar uma proposta para o banco devido ao potencial para a organização e captação de recursos, tais como:

1. Antecipar os pagamentos a receber;

2.Tenha planejamento tributário e revisão fiscal;

3. Reduza os custos.

No caso da antecipação de pagamentos a receber, por exemplo, de notas fiscais ou cartões de crédito, muitas vezes isso significa que existe um desconto aplicado e é esse fator que exige atenção por parte dos empreendedores.

Afinal, a médio e longo prazo, pode ser considerado como algo negativo por representar um saldo menor que entrará para o caixa da corporação. No entanto, de acordo com a situação atual, planejamento e número de pagamentos antecipados, pode ser uma alternativa viável para lidar com a crise.

Sua empresa já conta com planejamento tributário e revisão fiscal? Sabe-se que todas as empresas devem atender uma série de tributos, mas um grande passo para enfrentar crises. Com os profissionais certos, será possível otimizar e minimizar os impostos atendidos na empresa.

Vale citar que com a revisão fiscal, também pode haver a oportunidade de gerar economia, além de chances de recuperação de crédito de impostos. Por esse motivo, o suporte profissional ao buscar como conseguir um financiamento faz toda a diferença.

O terceiro e último item da lista pode ser encarado como um meio de redução de custos, afinal, com a orientação dos profissionais será possível identificar pontos em que os custos podem ser otimizados ou excluídos. No entanto, existe a chance de fazer uma análise em seu negócio para que gastos no geral sejam revistos, não apenas em relação aos tributos atendidos.

Isso porque otimizar os gastos pode ser algo constante na empresa, principalmente ao considerar as chances de encontrar soluções mais vantajosas ou gastos que não fazem mais sentido para o cenário atual do negócio.

São ações como essas que podem contribuir não apenas com que a empresa obtenha um financiamento, como também enfrente a crise de forma que benefícios a curto, médio e a longo prazo sejam obtidos.