Anúncios

pagamento por aproximação
Fonte: Freepik

O pagamento por aproximação ganhou um grande espaço entre as operações financeiras. Hoje em dia, essa tecnologia está presente não apenas nos cartões de crédito, como também nos celulares. Há diferentes perspectivas a respeito deste tema, mas de qualquer forma, o cliente pode usar a tecnologia apenas se desejar e/ou puder caso o local conte com essa função.

Por ser algo cada vez mais comum, é normal que o atendente pergunte se é por aproximação. Todavia, em caso de qualquer dúvida, basta perguntar a respeito ou usar normalmente outra opção.

Sem dúvidas, para identificar a necessidade de desativar essa forma de pagamento, é preciso conhecer os diferentes aspectos que ela abrange. Logo, ao longo do texto você poderá conhecer mais sobre o seu funcionamento, vantagens, entre outros aspectos.

Como o pagamento por aproximação funciona?

Há diversas questões a respeito do pagamento por aproximação, em especial, receio das pessoas. De qualquer forma, é importante ter conhecimento de qual é o seu funcionamento, tanto para esclarecer algumas dessas questões quanto para entender se é válido desativar ou não.

Basicamente, por meio da tecnologia, até certa quantia, basta que o cliente aproxime o cartão de crédito da maquininha para concluir a experiência de compra. De fato, é algo muito rápido e que pode otimizar todo o processo.

Por mais que muitos locais contem com essas maquininhas, caso seu pagamento não seja concluído, certifique- se de que essa modalidade é aceita. Em caso de falha, pode valer a pena tentar a opção com tarja ou chip. Além disso, tenha cautela com cobranças indevidas.

Em relação a segurança, também é importante dar ênfase ao fato de que essa questão pode variar de acordo com o cartão de crédito. A seguir, você poderá conferir maiores informações a respeito.

Os principais aspectos dessa forma de pagamento

pagamento por aproximação
Fonte: Freepik

A rapidez e praticidade são dois pontos que ganham destaque ao se tratar do pagamento por aproximação. Normalmente, os cartões contam com um símbolo de ondas impresso próximo ao canto para indicar a presença da funcionalidade. Caso tenha um cartão que não conte com esse símbolo, saiba que não é possível ativá-lo para esse fim. Nesse caso, se for de seu interesse, é possível solicitar um novo.

Todavia, ele pode ter uso por aproximação por meio de celulares que contam com a tecnologia NFC (Near Field Communication), em tradução, indica comunicação por campo de proximidade. Dessa forma, o pagamento é viabilizado pela troca de informações de dispositivos que estão próximos. No celular, é preciso que o cartão de crédito esteja cadastrado em uma carteira digital, por exemplo, o Google Pay.

A segurança do pagamento por aproximação

Uma grande dúvida a respeito é a segurança desse sistema, em especial, se há chances de leitura acidental. Nesse caso, é importante saber que, para a autorização, é preciso que o celular ou o cartão de crédito/débito estejam entre 2,5 cm e 5cm de um leitor. Além disso, é preciso um posicionamento correto.

Outros pontos que exigem atenção é que não são todos os valores que possuem liberação para o pagamento por aproximação por cartão. Por exemplo, acima de R$200 é preciso por senha e em relação ao celular, há carteiras digitais que pedem a autenticação de acordo com alguns critérios.

Por outro lado, o que reforça a segurança deste item é que só há chances de uso 5 vezes ao dia, sem que a senha seja colocada entre as transações. Soma-se a esse cenário, que são muitas camadas de segurança nas operações do seu cartão de crédito e os processos por aproximação não ficam fora da proteção. 

Além disso, em caso de perda ou roubo, não se esqueça de comunicar rapidamente à instituição financeira para o emprego das medidas necessárias.

Como desativar o pagamento por aproximação?

Para quem deseja desativar o pagamento por aproximação do cartão, é importante saber que isso é possível. No entanto, a forma de desativação pode variar de acordo com o recurso.

Por exemplo, em alguns casos, basta acessar o aplicativo e direcionar-se para as configurações em busca da opção que aborda a aproximação. Em outros, pode ser preciso e/ou mais prático entrar em contato com a instituição financeira.

Aliás, vale citar que por mais que ocorra a desativação dessa opção, há chances que no transporte público o pagamento funcione por causa do tipo de sistema que se usa. Nesse caso, basta entrar em contato com a sua instituição financeira para solucionar a situação.

No geral, se pode perceber que é uma alternativa que reúne grande praticidade e rapidez por causa da tecnologia NFC. No entanto, se mesmo depois de se informar a respeito do tema, for de sua vontade efetuar a desativação, foi observado anteriormente que também é algo possível.