Anúncios

comprar ou alugar um carro
Fonte: Freepik

O sonho do carro próprio já é colocado de uma forma diferente por muitos hoje em dia, em especial, pelas novas gerações. O veículo continua com uma posição de essencial, mas hoje em dia, mais possibilidades são trabalhadas. Por isso, dúvidas como alugar ou comprar um carro são comuns atualmente para algumas pessoas.

Ao longo do texto, você poderá entender quais são os principais fatores que tornam essa dúvida presente no dia a dia de diversas pessoas, não apenas dos mais jovens. Afinal, há pontos desde o impacto de veículos no mercado por causa da pandemia até as alterações de comportamento propriamente ditas. Confira a seguir. 

Como saber se é melhor comprar ou alugar um carro?

Em primeiro lugar, vale dar destaque ao ponto de que, ao longo do tempo, temos as mudanças de comportamento que atingem todas as áreas, como a compra de um automóvel como um grande sonho. Por isso, um forte indicador é o perfil de cada pessoa.

Segundo declarações da educadora da área de finanças pessoais Carol Stange no E Investidor, a geração mais jovem mostra apego emocional a outras coisas. Aliás, se deve considerar que o mercado se apresenta de uma forma diferente atualmente, uma vez que, com a pandemia, os automóveis zero quilômetro passaram a ter uma redução na oferta por causa da amenização de elementos que fazem parte da produção. 

Com isso, os valores aumentaram, inclusive dos veículos seminovos e usados. Nesse cenário, se deve considerar não apenas os custos mais altos na hora de obter um automóvel, mas para mantê-lo. Afinal, no período da pandemia, outros valores também ficaram maiores, como o do combustível.  Sendo assim, é preciso pensar que parte da renda será voltada para este item.

Por outro lado, o aluguel ou até mesmo um plano extenso de assinatura de automóvel também exigem atenção. Tudo depende do perfil do motorista, o que envolve sua situação financeira, hábitos, finalidade do veículo, extensão do plano de assinatura, se for o caso, entre outros pontos.

O aluguel ainda não é uma opção muito comum

O aluguel ainda não é muito comum no país e muitos ainda podem associá-lo com a necessidade apenas em viagens. Todavia, aos poucos ganha mais espaço no mercado. É preciso ter sempre atenção aos termos do contrato, pois apesar de ser uma opção que se destaca pelo valor mais baixo de gastos, as condições propostas exigem cautela. 

Por exemplo, a existência de limite de quilometragem de acordo com o período da contratação, tipo de carro, entre outros parâmetros que geram impacto nos valores e no quão vantajoso o cenário, de fato, pode ser ou não para os condutores. Sendo assim, a decisão está amplamente ligada com uma análise do custo-benefício.

Saiba que, no caso da locação tradicional de um carro, há normalmente custos ligados com diárias, enquanto em assinaturas, há planos mais extensos. Nesses casos, os grandes diferenciais é que os motoristas não se preocupam com manutenção e gastos com a documentação do carro, como ocorre na compra.

comprar ou alugar um carro
Fonte: Freepik

Cuidados ao comprar ou alugar um carro

Um grande cuidado nesse cenário e que também serve de dica financeira é a análise de ambas opções a longo prazo, independente dos valores. Isso porque, em primeiro momento, pode soar como algo muito vantajoso, porém, quando analisado a longo prazo, o cenário pode ser outro.

Quando se fala especificamente dos preços, diversos fatores possuem impacto. Inclusive, a região onde ocorre a locação ou a compra do automóvel. Esse tipo de fator só reforça a necessidade de procurar com maior cuidado ainda as opções disponíveis.

Ao abordar dicas financeiras, por exemplo, no caso de empréstimos, a importância de conhecer o CET (Custo Efetivo Total) é comumente abordada. E, se pensar bem, a necessidade de identificar com clareza todos os valores não é diferente quando se trata da contratação ou compra de qualquer item. Afinal, todos os custos envolvidos devem estar sempre claros para evitar surpresas futuras.

Saiba quais são suas necessidades. Por exemplo, alguém que pretende trabalhar com o carro, provavelmente terá maior necessidade de compra. Além disso, ter ideia de quais serão os outros usos, modelo que te interessa e no tempo que almeja permanecer com o veículo pode ajudar na decisão entre comprar ou alugar um carro.

Soma-se a esse cenário que não é positivo manter um veículo sem rodar por muito tempo, o que pode resultar em ainda mais gastos. Quanto mais detalhada for sua análise, melhor será a sua resposta a respeito de alugar ou comprar um carro e os custos que cada opção envolve por semana, mensalmente ou até mesmo em um período maior, em especial, se suas contas envolverem os tributos da compra de um carro.

Conhece alguém que pode conseguir ajuda comesse tipo de conteúdo? Não deixe de compartilhá-lo e para conferir mais dicas financeiras, aproveite para ver as outras categorias do site.