Anúncios

Anúncios

whatsapp pay
Fonte: pixay

Há pouco tempo, o WhatsApp apresentou mais uma função que tornou a plataforma ainda mais completa: o WhatsApp Pay, que viabiliza transações financeiras com praticidade para seus usuários. Essa alternativa já está disponível em todas as regiões, mas assim como outras novidades financeiras, pode causar certa desconfiança. 

Anúncios

Afinal, a ideia de unir a troca de mensagens com operações financeiras ainda é incomum, o que gera em muitos, insegurança. No entanto, conforme será observado ao longo do texto, trata-se de um recurso seguro e de grande potencial para o dia a dia.

O que você precisa saber sobre o WhatsApp Pay?

Em parceria com um grande nome do mercado, a Cielo, o WhatsApp Pay tem gerenciamento do mesmo recurso voltado para pagamentos que o Facebook. Além disso, conta com a autorização do Banco Central, o que é crucial para a sua operação, uma vez que se trata basicamente da entidade que visa estabelecer um sistema financeiro com solidez no país.

Essa funcionalidade permite que as pessoas façam transações a partir de cartões múltiplos com a opção débito, cartões somente de débito e opções com funcionamento pré-pago. Vale a pena citar que a opção de débito é segura principalmente por causa de seu vínculo com a conta das pessoas.

Há limites em relação às operações, isso porque se pode receber até 20 transações por dia. Além disso, até R$1 mil pode ser enviado, mas não é possível ultrapassar R$5 mil mensais.

Além desses pontos, é importante saber que com o WhatsApp Pay não há cobrança de taxas. Isso serve tanto para o envio de valores quanto o recebimento. No entanto, é crucial ter conhecimento que, de acordo com cada banco, há chances de que existam cobranças, porém, são referentes à utilização de dados móveis ou do cheque especial.

Como cadastrar para usar?

Há diversas instituições participantes, como o Nubank e o Neon, assim como em outros casos, basta que as informações do cartão que deseja sejam inseridas no Facebook Pay. Além disso, vale citar que isso pode ser feito por meio do próprio WhatsApp.

Não se esqueça de certificar-se de que as versões tanto do aplicativo do seu banco quanto do WhatsApp estão atualizadas, pois conforme informações anteriores, é uma opção já disponível para todo o país.

Para começar o cadastro, basta se direcionar para a área de pagamentos e selecionar Facebook Pay. Após checar os termos, crie o seu PIN com seis dígitos. Lembre-se que essa é a senha que deverá ser colocada em todas as suas operações com o recurso.

Após preencher todos os dados para uso do cartão de débito, inclusive do virtual, será necessário verificá-lo. Já no que diz respeito às cobranças, basta ir na mesma área de pagamentos e clicar em solicitar, mandando em seguida para o contato em questão com a quantia desejada.

Além disso, não se esqueça de se certificar se sua instituição já permite o cadastro do cartão para que transações sejam feitas no aplicativo. Por exemplo, em alguns casos a liberação está prevista para o final de julho.

Lembre-se também que cada instituição e seus respectivos aplicativos podem contar com seus sistemas de segurança. Por exemplo, no caso da Neon, a etapa da confirmação conta com a autenticação por biometria ou senha no aplicativo, enquanto o do Nubank, conta com um sistema de verificação a partir do recebimento de um código.

whatsapp pay
Fonte: WhatsApp

O WhatsApp Pay está disponível para as contas de comerciantes?

Vale citar que é uma opção disponível apenas para a versão pessoal, ou seja, para aqueles que usam a ferramenta para negócios, sendo este o caso do Whatsapp Business, os pagamentos são feitos de forma distinta.

No entanto, a configuração é muito simples, pois basta criar uma conta com o Facebook Pay ou se conectar com uma conta Cielo caso já tenha. Em seguida, será preciso colocar os dados da empresa, conta de recebimento e iniciar as vendas.

Diferentemente do sistema do WhatsApp Pay, nesse caso, existe uma taxa fixa de 3,99% por operação. Nela, os usuários podem emitir reembolsos, receber pagamentos rápidos a partir de cartões tanto de débitos quanto de créditos. Para isso, é preciso que sejam de redes e bancos participantes.

De qualquer forma, vale considerar que é uma funcionalidade significativa para o sistema financeiro. Basta considerar o grande uso do WhatsApp no dia a dia das pessoas.

Sendo assim, é indispensável ter atenção no modo de uso e preenchimento adequado das informações. Além disso, não se esqueça sempre de se ater aos métodos de segurança do banco que utiliza para tornar a sua experiência a melhor possível.

Você já tinha ideia desses aspectos? Conhece alguém que ainda não tem muitas informações sobre o WhatsApp Pay e/ou conta com inseguranças a respeito? Não deixe de compartilhar o conteúdo.