Anúncios

Anúncios

riscos e vantagens do franqueado
Fonte: freepik

Em meio a pandemia, entender quais são os riscos e vantagens do franqueado de uma forma mais clara faz toda a diferença. Afinal, com um cenário econômico complexo e repleto de incertezas, há a necessidade de decisões cada vez mais seguras.

Anúncios

De um modo geral, quando se fala do investimento em franquias, a maior agilidade e simplicidade do processo se destacam. Isso, naturalmente, ao considerar os passos de estruturação de outras empresas.

É preciso considerar todos os pontos quando se trata de qualquer tipo de negócio e a seguir, você poderá compreender de forma mais clara os negativos e positivos das franquias.

Quais são os riscos e as vantagens do franqueado?

Existem alguns pontos decisivos ao se tratar desse modelo de negócio, que o torna mais atrativo de forma notável para alguns perfis de empreendedores e mercado no geral.

Da mesma forma que, dentro do mesmo perfil e para outros, existem algumas desvantagens que exigem atenção. A seguir, veja quais são esses pontos de destaque.

As vantagens do franqueado 

Em primeiro lugar, é interessante falar das vantagens de um modo geral, não apenas do franqueado em 2021. Afinal, há muitos anos esse modelo de negócios chama atenção das pessoas.

Em primeiro lugar, vale levar em consideração que, ao entrar no mercado com uma franquia, o negócio já tem início com uma marca que normalmente já conta com uma solidez.

Além disso, a competitividade também não é uma grande preocupação ao comparar com outras possibilidades de negócio. Isso porque já ocorreram testes de produtos e serviços da marca no mercado.

Soma-se a esse cenário um maior planejamento de um modo geral, seja com direcionamento às instalações quanto na condução do negócio. Isso se deve ao fato de que nesse caso, quando se fala de riscos e vantagens do franqueado, o ponto de que o franqueado tem suporte se destaca como atrativo.

Então, é algo que normalmente envolve dados de grande destaque no que diz respeito aos clientes, aplicação dos recursos, entre outros fatores que são cruciais.

As desvantagens do franqueado

Certamente, ao atuar no modelo de franquia, segundo informações anteriores, o empreendedor atende parâmetros de uma marca que já está no mercado. Sendo assim, as operações seguem certas diretrizes constantes, o que pode ser uma desvantagem sob algumas perspectivas.

Afinal, tanto o sucesso, quanto o fracasso, atingem a empresa e o franqueado. Por isso, não há uma independência total e algumas obrigações, naturalmente, devem ter atendimento, em especial, nas áreas contábeis.

Além disso, um outro ponto que exige atenção neste tópico, é que a escolha da localização do ponto de venda, naturalmente, tem um grande peso da parte da empresa. Isso porque, por mais que a pessoa que apresenta interesse na franquia tenha sugestão de locais ou de um em específico, pode acontecer de haver um ou mais fatores que apontem o lugar como inadequado para a instalação.

Dicas ao analisar os riscos e as vantagens na busca por franquias

riscos e vantagens do franqueado
Fonte: Pexels

Em primeiro lugar, ao decidir o segmento no qual deseja abrir uma franquia ou até mesmo uma empresa específica, faça uma análise cuidadosa de todos os aspectos. Hoje em dia, muitos negócios disponibilizam dados sobre a abertura de franquias em suas plataformas ou perante o preenchimento de um formulário.

Por causa da diversidade no mercado, é preciso verificar fatores como os seguintes:

  • Taxa de franquia, fundo de propaganda, entre outras taxas;
  • Estrutura e localização do local;
  • Suporte ao franqueado;
  • Saúde econômico-financeira da rede;
  • Requisitos.

De acordo com cada empresa, as chances da abertura de franquia podem variar, isso porque apesar do interesse, é preciso ter atenção a alguns requisitos comumente presentes, por exemplo, experiência no varejo ou graduação em determinada área.

Sem dúvidas, é crucial que essa opção seja vantajosa para ambos os lados. Sendo assim, cada aspecto dos modelos disponíveis da empresa na qual existe interesse precisa de análise para assegurar a compatibilidade com o perfil do empreendedor.

Isso porque, de acordo com dados anteriores, pontos como tamanhos de lojas, precisão de experiência, entre outros fatores, variam muito.

Conclusão

Nesse cenário, se pode concluir que a respeito dos riscos e vantagens do franqueado, é preciso avaliar com muito cuidado cada característica da empresa, em especial, por causa da relação de interdependência.

Sem dúvidas, o cuidado deve existir das duas partes para obter vantagens. Por um lado, a empresa identifica um meio de expansão de atividade, onde o sucesso, naturalmente, tem grande dependência da eficácia da estruturação dos espaços, estilo de franquia, termos estabelecidos e atuação do franqueado.

Por outro lado, há certa falta de flexibilidade por parte do franqueado, porém, deve-se ter consideração também pelo fato de que se trata da aposta em um negócio que já está no mercado, o que reduz muitos riscos e custos ao comparar com muitas empresas. Em suma, a interpretação de riscos e pontos atrativos dependem muito da compatibilidade do formato de franquias da empresa com a pretensão de cada um.