Anúncios

novidades do cadastro positivo
Fonte: Serasa.com

Com a ideia de construir uma base de dados mais completa, o Cadastro Positivo já vem alçando novos voos desde 2017. E atualmente, o banco de dados tanto de pessoas físicas quanto jurídicas está com a iniciativa de inclusão de informações de conta de luz, com a data limite prospectada para o final de março.

Além disso, visando a ampliação sólida e responsiva do histórico do consumidor, espera-se ainda que o leque de coleta de informações se abra para demais contas como gás, água e até esgoto. 

A partir daí, análises de risco de crédito poderão ser feitas de forma mais condizente com a realidade de muitos consumidores. Vejamos um pouco mais sobre as novidades do Cadastro Positivo a seguir.

Antes de mais nada, o que é o Cadastro Positivo?

Se você tem uma vida financeira bem ativa ou ainda se já sentiu na pele o desespero de ter seu nome negativado, deve ter ouvido falar do Cadastro Positivo.

Em linhas gerais, o cadastro diz respeito a um banco de dados em que informações das mais diversas são coletadas sobre a vida financeira do consumidor. Seja seus créditos ou débitos, tudo é meticulosamente levado em conta para mapear o histórico de consumo.

Assim, quando o consumidor faz o seu Cadastro Positivo desfruta de uma análise de crédito mais credível e realista pelas instituições conveniadas. Desta forma, tem a oportunidade de negociar e quitar dívidas com baixas taxas de pagamento e condições mais atrativas de contratação de linhas de crédito.

Isso mesmo, os dados do consumidor que são discriminados no Cadastro Positivo podem ajudá-lo a conseguir margens de crédito bastante atrativas e menos burocráticas. 

Portanto, mediante o histórico de comportamento do consumidor, é possível saber se o mesmo está propenso a pagar suas dívidas dentro das datas limites estipuladas pelos bancos ou financeiras. 

Aliás, a pontualidade, recorrência de pagamentos e responsabilidade são elementos de alta visibilidade no Cadastro Positivo. Pagou aquelas parcelas do empréstimo que parecia infindável? Pontos para você! Não atrasou a fatura do cartão? Acrescente em seu currículo financeiro mais pontinhos e voilá: melhor será a sua reputação financeira.

Entenda como funciona o banco de dados

novidades do cadastro positivo
Fonte: Serasa.com

Em termos simples, o histórico do consumidor é gerenciado pelos famosos birôs de crédito. Assim, as lojas, bancos e comércio consultam a situação financeira dos usuários a fim de analisar o histórico e tomarem a decisão da geração de crédito ou empréstimos.

Todos os dados são incluídos automaticamente e o consumidor é avisado da aquisição do cadastro. Caso o mesmo queira desvincular-se, pode fazer o cancelamento quando quiser. No entanto, o Cadastro Positivo traz muitos benefícios, e tê-lo certamente é mais vantajoso que não tê-lo.

Afinal, na hora de conceder crédito, as instituições financeiras no geral tomam por base a negativação de seus clientes. Isso porque ter ciência se o cliente está negativado diz muito sobre como ele se comporta perante as suas dívidas.

Contudo, mais do que saber se o cliente está negativado, o Cadastro Positivo permite que as instituições saibam se tais:

  • Estão propensos a quitação de dívidas;
  • Atrasam suas contas;
  • Pagam a fatura do cartão devidamente.

Todas essas condutas contabilizam para disposição de um histórico íntegro e realístico. Aliás, todas as boas práticas são discriminadas, mas também as ruins. Por isso, o cadastro pode ser uma ótima forma de entender os seus próprios passos financeiros.

De todo o caso, o Cadastro Positivo pode possibilitar ao consumidor acesso a crédito e aqueles que já possuem podem conseguir aumentar as margens e diminuir taxas incidentes.

Últimas atualizações do Cadastro Positivo

Em setembro de 2021, o Cadastro Positivo passou a utilizar como base para as avaliações cadastrais informações coletadas de empresas de telecomunicações. Esta com certeza foi uma das novidades do Cadastro Positivo mais substancial até então.

Hoje, além de dados de agências bancárias e instituições financeiras e das empresas supracitadas, espera-se uma ampliação na fonte de dados ainda no ano de 2022 que vai da conta de luz até o esgoto.

O banco de dados que atinge atualmente a marca de mais de 110 milhões de cadastros ativos, é uma importante iniciativa para o mapeamento do histórico de pagamento dos consumidores. Não surpreende que o número de Cadastros Positivo tenha aumentado exponencialmente nos últimos anos.

Vale dizer que a ampliação da fonte informativa do Cadastro Positivo oportuniza maior assertividade na construção da avaliação dos consumidores desbancarizados. Estes, embora não movimentem contas bancárias, pagam suas contas fixas, as quais já são visionadas como fonte de dados.

É isso, pagador de boleto, agora que já sabe das novidades do Cadastro Positivo, que tal navegar pelas nossas demais categorias e posts do site OMES. Aqui, as melhores informações financeiras estão ao seu dispor. Confira!