Anúncios

Anúncios

limpar o nome
Fonte: freepik

A inadimplência é um grande problema no meio financeiro, em especial, quando se considera o enfrentamento de maiores restrições ao buscar serviços e produtos financeiros. No entanto, algumas dicas podem ajudar quem busca limpar o nome, o que é de grande importância em meio a um cenário econômico complexo.

Anúncios

Para se ter uma ideia mais clara desse contexto em números, vale citar a pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), que contou com a divulgação de dados em fevereiro deste ano.

De acordo com o levantamento, por mais que o percentual de famílias com contas em atraso seja inferior de janeiro (24,8%) para dezembro (25,2%), ainda assim é maior do que janeiro do ano passado (23,8%). Ainda mais, a pesquisa indicou também o aumento no número de famílias com dívidas, estejam inadimplentes ou não.

Além disso, diferentes passos podem ser traçados por quem deseja limpar o nome. Certamente, cada dica ou todas elas podem ser adaptadas de acordo com a realidade de cada um. Veja o que pode ser feito a seguir:

Negocie a dívida para limpar o nome

Quando se fala de quitar dívidas, diversos motivos podem surgir para inviabilizar a ação. Independente do caso, estabelecer contato com a empresa em que a dívida está em atraso e negociar o pagamento mais viável para a sua situação, contribui com que o seu nome tenha remoção dos órgãos de proteção ao crédito.

Certamente, não é algo que acontece imediatamente. Por exemplo, imagine o parcelamento de um valor alto, para que a situação se regularize, a primeira parcela deve ser paga corretamente. A partir desse ponto, o nome sairá da lista de proteção de crédito, desde que o pagamento siga conforme o acordo.

Identifique a necessidade de soluções específicas

limpar o nome
Fonte: freepik

Nesse contexto, é de grande importância ter consciência de que o processo de limpar o nome também varia conforme o local que tem ligação com a negativação de seu CPF.

Além de identificar se o seu nome está sujo e buscar uma negociação da dívida com a empresa, conforme a dívida, pode ser necessário recorrer ao banco ou ao cartório de protestos.

Nessas situações, há necessidade de levar documentos que atestem a negociação feita, assim como o pagamento. Vale citar que há uma taxa para que ocorra a remoção do protesto.

O recebimento do protesto de título pelo cartório ocorre em casos de notas promissórias e cheques. No caso de cheques sem fundo, normalmente a requisição para que o Banco Central inclua o nome no Cadastro de Emitentes de Cheque Sem Fundo (CCF) ocorre após a segunda devolução do cheque.

Nesse caso, para limpar o nome, também é preciso quitar a dívida e apresentar o cheque e recibo no banco, além de acertar as taxas pendentes. Por isso, vale sempre ter em mente a forma certa de agir em cada caso.

Aproveite feirões e demais oportunidades para limpar o nome

Há iniciativas voltadas especificamente para que as pessoas consigam resolver suas dívidas, como os feirões em que inúmeras condições especiais podem ser identificadas.

No entanto, é algo que ocorre em alguns períodos do ano e por isso, é válido ter atenção. O Boa Vista é um exemplo de órgão de proteção ao crédito que oferece esse tipo de oportunidade.

Outro grande exemplo é o Serasa Limpa Nome, uma área da plataforma com direcionamento específico para que as pessoas consigam quitar suas dívidas de uma vez por todas.

Além disso, é uma forma de obter ofertas exclusivas, por exemplo, com até 90% de desconto. Diversas empresas integram a lista de oportunidades, desde redes de telefonia até bancos e universidades.

Tenha um melhor planejamento e controle financeiro

O planejamento e controle financeiro não só são capazes de evitar que você entre para a lista de inadimplentes, como também podem contribuir com que saia desta posição.

Isso porque, ao listar todas as suas receitas e gastos, assim como estabelecer uma forma eficaz de controle, será possível ter uma maior noção de como lidar com sua situação atual. Uma das maneiras de fazer isso, pode ser por meio da estruturação de uma planilha de controle financeiro.

A partir da organização das informações detalhadas, observe fatores como o que exige maior atenção no pagamento e gastos que podem ter corte ou redução.

Além disso, por meio dos dados, vale analisar quais caminhos podem ter exploração. Por exemplo, se há possibilidade de poupar dinheiro mensalmente, quais dívidas resolver primeiro, modos de buscar renda extra se necessário, entre outros.

São ações que serão mais viáveis a partir da centralização de dados. Inclusive, é algo que potencializará o maior foco no pagamento de dívidas e consequentemente, na resolução de quem busca limpar o nome.

Qual dessas dicas mais te chamou atenção? Não deixe de compartilhar o conteúdo para que outras pessoas com este problema também enxerguem uma solução.