Anúncios

Anúncios

evitar fraudes na Black Friday
Fonte: Freepik

Há muitas épocas no ano que são muito aguardadas pelos consumidores e varejistas, exigindo estratégias e cuidados variados. Nesse caso, falar de como evitar fraudes na Black Friday ganha grande importância. Com a proximidade da data, preparar-se o quanto antes pode fazer a diferença no bolso e no tempo na hora de comprar e vender.

Anúncios

Só para se ter ideia da magnitude da movimentação financeira que a data causa, se pode citar que, apenas no dia 27 de novembro de 2020, 3,1 bilhões de reais foram resultados de operações apenas no e-commerce. Vale lembrar que, muitas marcas também estendem a Black Friday e/ou fazem uma semana ou um mês repleto de ofertas.

Juntamente a esse dado, se deve considerar também que o número de fraudes é alto nessa época, em especial, online. A seguir, veja como evitar golpes na Black Friday de 2021 e ter maior tranquilidade.

Saiba como evitar fraudes na Black Friday

Você já se deparou com o trocadilho “Black Fraude”? Ele é aplicado por causa de uma série de golpes que são feitos no período da Black Friday, em especial, a respeito de descontos artificiais. Outras práticas que chamam a atenção negativamente e podem causar certo receio envolvem produtos não entregues e roubo de informações.

No entanto, cada vez mais os consumidores estão de olhos abertos para essas ações. Sem dúvidas, é algo de grande importância para garantir compras tranquilas e que sejam verdadeiramente vantajosas. 

Na Black Friday 2021, esses cuidados devem ser reforçados, em especial, ao considerar o cenário de crise financeira. Sendo assim, evitar frustrações e, de fato, economizar, é ainda mais essencial.

evitar fraudes na Black Friday
Fonte: Freepik

Faça uma pesquisa prévia e monitore os preços

Uma forma de lidar com as fraudes que possuem ligação com os preços na Black Friday é a pesquisa prévia. Ao monitorar os preços por um tempo maior, os clientes podem ter uma ideia mais clara se a oferta da marca realmente é vantajosa.

Inclusive, uma das recomendações do PROCON (Proteção e Defesa do Consumidor) é a captura de tela dos valores antes da Black Friday. Desse modo, os clientes podem fazer questionamentos caso ocorra um desconto falso, que é uma prática que, naturalmente, gera grande indignação.

Entenda o custo total

Já nesse caso, se trata de ter certeza de que o valor, de fato, condiz a uma promoção. Isso porque, alguns sites podem compensar a baixa do valor principal de outras formas em seus produtos e serviços.

Por esse motivo, vale a pena verificar qual é a situação do frete, taxas e demais fatores que podem influenciar no custo total que será atendido. A preocupação deve existir em dobro em caso de compras com o cartão de crédito na Black Friday, pois nesses casos algumas pessoas podem ter uma maior dificuldade em manter o controle. Além disso, cuidado para que os juros não anulem a vantagem da promoção.

Conte com recursos específicos para evitar fraudes na Black Friday

Hoje em dia, há chances de encontrar recursos como sites e plug-ins que contribuem na hora de fazer compras. Dessa forma, podem ter um papel ainda mais importante ao se tratar da Black Friday, inclusive, muitos contam com seções exclusivas para a data.

Esse é o caso do Zoom, que visa buscas de itens de acordo com preço, descontos e abrange também determinados períodos. Dessa forma, o consumidor pode ter ideia dos valores de acordo com um certo tempo, o que potencializa a comparação e identificação de promoções vantajosas.

Já a opção ConfieAqui é ideal para quem deseja pesquisar ainda mais sobre as empresas. A plataforma foi feita pelos responsáveis do ReclameAqui e além de apresentar comparações de valores, também permite que os usuários vejam a reputação das marcas.

Outro recurso que pode ser vantajoso nesse cenário, recebe o nome de JáCotei. Assim como os outros acima, conta com a comparação de preço. Além disso, apresenta o lugar de maior desconto e permite que os clientes programem notificações para certos valores.

Tenha atenção em onde compra

É indispensável ter cautela com a reputação do vendedor. Se for um marketplace, tenha cautela com as recomendações desde as mais antigas, verifique a atuação anterior e cheque todos os dados o máximo possível. 

Vale a pena ter cautela também com links recebidos por SMS ou e-mail. Há muitas fraudes que visam o roubo de dados, entre outras finalidades. Certamente, é crucial que as empresas também compartilhem desse tipo de preocupação. Além disso, deve-se citar que no período da Black Friday, assim como em outros, estão propensas a ataques que podem levar ao vazamento de informações e comprometimento de suas plataformas. 

Desse modo, apostar na conscientização dos clientes, assim como em estratégias para esse período, que conta com grande movimentação, são ações que podem fazer a diferença.

Uma dessas estratégias consiste em um sistema de segurança eficaz, que proteja tanto a empresa quanto seus consumidores. A conscientização e divulgação dos canais oficiais com as promoções e de contato também são ações que podem ser positivas.

Por fim, com as informações apresentadas no decorrer do texto, se pode perceber o poder que o planejamento possui para evitar fraudes na Black Friday. Nesse contexto, a obtenção de dados é indispensável para decisões ainda mais seguras. 

Você conhece alguém que pretende comprar na Black Friday 2021? Aproveite para compartilhar o conteúdo e permita que outras pessoas também possam escapar de fraudes nessa data.