Anúncios

empregos na américa latina
Fonte: freepik

Com a pandemia de covid-19, medidas de enfrentamento e seus efeitos no geral, o mercado de trabalho sofreu grande impacto. Por mais que cada local conte com suas particularidades, quando se fala de empregos na América Latina, a taxa de desemprego foi alta. No entanto, em algumas áreas, certas demandas contaram com aumento.

Esse é o caso dos segmentos da tecnologia e da saúde. A seguir, você poderá entender mais aspectos a respeito, assim como maiores dados da situação do mercado de trabalho na América Latina.

Quais empregos na América Latina tiveram aumento na demanda?

Por mais que as baixas sejam notáveis entre os índices no mercado de trabalho, quando se fala de áreas com maior carência de colaboradores, de forma geral, os setores de tecnologia e saúde possuem destaque. Sob esse ponto de vista, pode ser mais fácil para entender a elevação da demanda.


Anúncios

Os dados são do diretor de Soluções de Talentos do LinkedIn, Ramiro Luz para a BBC News Mundo. Nesse cenário, também é preciso notar que a transformação digital há muitos anos faz com que as empresas tenham um modelo de negócio que visa cada vez mais a área virtual. No entanto, de acordo com Luz, foram vistas em seis meses mudanças que poderiam levar anos.

Afinal, com as ações de enfrentamento, estão também os meios de prevenção, onde o isolamento social tem grande peso em muitos aspectos. A partir desse ponto, há um número maior de pessoas em casa no geral e como parte das medidas, a aplicação do trabalho remoto.

Já quando se fala de um modo mais específico, entre as profissões que contaram com destaque, estão:


Anúncios

Profissionais de apoio à saúde

empregos na américa latina
Fonte: freepik

Por causa da complexidade do cenário da pandemia do coronavírus como um todo, a demanda na área da saúde contou com grande abrangência. Pode-se citar a maior carência por médicos de vários setores, especialistas em UTI e auxiliares de enfermagem. Afinal, o auxílio aos pacientes tem uma série de fases, desde laboratoriais até alimentação, limpeza e administração de medicamentos.

Soma-se a esse cenário, a atuação de profissionais na área de fisioterapia respiratória e física, saúde mental, no atendimento da terceira idade, entre outros cruciais no suporte de um modo geral.

Especialista em marketing  digital

empregos na américa latina
Fonte: Pexels

Uma vez que várias empresas precisaram atender um processo mais ágil na transformação digital, é natural que essa movimentação tenha reflexo na área de marketing digital.


Anúncios

Afinal, é um meio que conta com a aplicação de estratégias para criar e/ou fortalecer a presença da empresa online. Essas táticas servem para que a comunicação atinja o público certo e na melhor hora. Além disso, as soluções digitais também prezam pela personalização dos métodos em prol da melhora da relação com os clientes.

Desenvolvedor web “front-end” e “back-end”

empregos na américa latina
Fonte: Pexels

Basicamente, os desenvolvedores de software “front-end” atuam com aspectos que contam com a interação direta com os usuários, para que os sistemas sejam cada vez mais acessíveis e atraentes. Enquanto isso, os profissionais que são especialistas “back-end”, lidam com as partes que se referem ao processamento de dados.

Sendo assim, são cruciais para a construção de plataformas digitais. E, de acordo com dados ao longo do texto, tiveram grande relevância por causa do aumento do uso.


Anúncios

Além das profissões já citadas, áreas de conteúdos no meio digital, lojas virtuais e o desenvolvimento de negócios, de uma forma geral, também tiveram números notáveis. E, vale observar que também têm ligação com o crescimento de empresas e o meio digital.

A situação de empregos na América Latina

Conforme dados anteriores, por mais que a situação dos empregos na América Latina seja complexa por causa da pandemia de covid-19, alguns setores ainda contaram com maior visibilidade. Todavia, é preciso ter um conhecimento maior a respeito, uma vez que tais números possuem impactos gerais.

A Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal), indica um cenário pior quando se trata de pontos como a participação no trabalho, taxas de emprego e na desigualdade. Notou-se também que o salto de pessoas em relação a 2019 para 2020 em condições de extrema pobreza foi de 8 milhões.


Anúncios

Além disso, o relatório mostra que, a redução de postos de trabalho por causa da pandemia, também afeta mais as mulheres, imigrantes, jovens e informais.

Vale ainda citar que, no relatório, entre as indicações principais a curto prazo, estava a aplicação de políticas de bônus contra a fome e renda básica. Um apelo por sistemas universais de proteção à sociedade também foi feito.

Soma-se a ao contexto, as observações da Organização Internacional do Trabalho (OIT), onde estimava-se um crescimento econômico com moderação. Todo o cenário tem forte influência, naturalmente, das incertezas ainda presentes no enfrentamento da pandemia.


Anúncios

Na mesma linha, o relatório da organização destacou políticas valiosas aplicadas em prol da amenização dos impactos da crise, como a formação a distância e o trabalho remoto. Do mesmo modo, apontou que certas ações condizem com melhorias que poderiam fazer parte da constituição.

Sendo assim, se pode concluir que cada área do mercado de trabalho é atingida de uma maneira. Além disso, há precisão de medidas que visam cada vez mais o suporte da sociedade. A expectativa, de um modo geral para as outras áreas, é que a recuperação seja gradual de acordo com o avanço do enfrentamento da pandemia.

Anúncios