Bitcoin em alta histórica: Confira as principais informações – OMES

Anúncios


Anúncios

bitcoin
Fonte: freepik

A volatilidade no cenário de investimentos é um dos fatores que caracterizam os graus de riscos. Sem dúvidas, não seria diferente ao se tratar do bitcoin, que retornou como foco no mundo dos investimentos recentemente devido a alta valorização.


Anúncios

Mais precisamente, não se trata somente de uma alta valorização, mas de um alcance histórico de sua cotação. Isso porque, no curto período de nove meses, a unidade chegou a US$ 34 mil. Para uma melhor compreensão do salto, vale a pena citar que em cerca de março, o valor era de US$ 5 mil.

O que influenciou a valorização do bitcoin?

Há diferentes motivos apontados para essa alta, sendo um deles, o alcance de maior maturidade do mercado. Por outro lado, ocorreu um aumento notável na adoção de investidores institucionais em 2020. 


Anúncios

Também é preciso considerar a característica de variação diária. Afinal, está submetido ao esquema de oferta e demanda. O que isso significa? Basicamente, se um pequeno número de pessoas visa o bitcoin, mais barato ele se torna e vice-versa. E, nos últimos meses, a criptomoeda ganhou alta visibilidade como ativo e não apenas em relação às instituições.

Esse mercado também contou com ocorrências notáveis, que o tornaram mais atrativo. Por exemplo, o PayPal passou a trabalhar com esse tipo de moeda. Até o dia 12 de janeiro, US$ 240 milhões de vendas com a moeda foram processados pela empresa.

O que é o bitcoin?


Anúncios

Antes de entender o que é bitcoin, é importante falar sobre as criptomoedas, em outras palavras, as moedas virtuais. Afinal, o tema central desse texto faz parte dessa categoria. Além disso, é uma das principais representantes no meio dos investimentos.

As moedas digitais, diferentes de outras, são descentralizadas. O que isso significa? Não há órgãos governamentais responsáveis pelo controle e demais transações. Sendo assim, ninguém tem o poder de manipular o protocolo da moeda digital.

Em outras palavras, de um modo geral, cada criptomoeda apresenta um protocolo próprio. Ele assume a responsabilidade de estabelecer as normas e o algoritmo.


Anúncios

Ainda mais, os usuários possuem autonomia referente às autorizações, transferências e outros fatores que envolvem suas criptomoedas.

Em meio aos principais tipos, estão:

  • Litecoin;
  • Etherum;
  • Bitcoin;
  • EOS;
  • Ripple.

No que diz respeito ao bitcoin, esse tipo de moeda virtual também ganha destaque pelo fato de ser limitado. A emissão pode chegar até 21 milhões de moedas. E, conforme citado, enquanto a oferta reduz, a atratividade se eleva.

Ainda mais, essa é a primeira forma de pagamento com uma descentralização completa. Sua origem deu-se em 2008, em meio a uma crise global. De acordo com a plataforma bitcoin.org, as especificações e prova do conceito foram mostradas por Satoshi Nakamoto.


Anúncios

Uma curiosidade é que se trata do pseudônimo de um programador ou grupo ainda não identificado. De qualquer forma, inventou o sistema blockchain, no qual a moeda funciona.

O sistema blockchain, crucial para as operações, viabiliza o envio e captação de dados no meio digital. Além disso, todas as informações estão conectadas nesse sistema de criptografia. 

Agora você compreende alguns conceitos cruciais a respeito não apenas do bitcoin, como das criptomoedas no geral. Ainda mais, ao se direcionar para o bitcoin de forma específica, também é importante ressaltar sempre sua volatilidade. 

Prós e contras das criptomoedas

É importante também a abordagem de pontos positivos e negativos de criptomoedas. Foi possível observar alguns pontos gerais como a confiabilidade nas transações com essa moeda, a segurança devido a criptografia e a volatilidade do mercado.

Por mais que seja considerado seguro, esse fator deve ser sempre uma prioridade. Isso não apenas no caso das criptomoedas, mas com qualquer investimento. Por isso, também é crucial evitar o acesso por redes públicas e uso de senha similar a de outros locais.


Anúncios

Ainda mais, o núcleo de bitcoin é classificado como transparente, por causa da disposição de dados, o que reforça a confiança. Além disso, os pagamentos podem ser feitos sem o vínculo de dados pessoais com a transação.

Certamente, há outros pontos que exigem atenção. Por exemplo, hoje em dia, os pagamentos feitos com criptomoedas ainda contam com isenção de taxas ou valores reduzidos em comparação com outros métodos.

Além disso, se pode considerar que o grau de aceitação ainda é baixo. Por mais que no último ano as criptomoedas tenham ganho maior visibilidade, em especial, pelo interesse de instituições, não são muitos locais que aceitam esse modo de pagamento ou pessoas que buscam informação sobre o investimento.

bitcoin
Fonte: freepik

Como comprar bitcoin?

Está curioso ou tem interesse em comprar criptomoedas? Há grandes chances de que o processo seja mais simples do que você já imaginou. Isso porque é preciso apenas abrir a conta em uma corretora de criptomoedas e iniciar as negociações.

Certamente, nesse processo vários cuidados são cruciais, em especial, na realização de muitas pesquisas a respeito desse tipo de mercado, moedas digitais e corretoras. 

As corretoras especializadas no investimento de bitcoins e outras criptomoedas recebem o nome de exchanges. Sobre a escolha da empresa para fazer esse investimento, uma grande dica é a checagem das avaliações de outras pessoas. 


Anúncios

Além disso, não se esqueça de verificar as tarifas existentes e diferenciais. Por exemplo, algumas corretoras possuem opções extras de segurança, como os tokens.

Após a aquisição, diferentes escolhas podem ser tomadas, como a de que as criptomoedas fiquem na corretora, tenham o código impresso ou sejam guardadas em uma carteira digital. No caso da impressão do código, é preciso que exista preocupação com o tipo de papel e tinta, para que não ocorra a deterioração ou outro tipo de problema.

Ainda mais, vale citar que este é considerado um investimento de alto risco. Afinal, a variação é uma característica notável quando se fala em moedas digitais. Um grande exemplo é a queda de 16% do bitcoin após o alcance histórico. Houve recuperação e queda de 7,5%, posteriormente.

Na segunda semana do ano, entre os dias 14 e 15 também ocorreu uma variação notável, em que a criptomoeda divergiu entre US$ 39.726 e US$ 35.339.

Sendo assim, embora seja um investimento atrativo, é importante que exista a obtenção de conhecimento sobre sua dinâmica, estudo de previsões e organização financeira. São fatores cruciais em qualquer aspecto da vida financeira.

Anúncios
Anúncios